Apoio

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Sistema de comunicação integrada em petrópolis

Reunião dia 24/06/2015 quarta feira ,as 19 hrs na sede da secretaria de defesa civil de petrópolis.
Tema:
Inclusão do sistema de comunicação integrada em petrópolis.












quarta-feira, 10 de junho de 2015

Reunião sobre plano de contingência de Combate à Incêndio.

Primeira reunião sobre plano de contingência de Combate à Incêndio
Realizado pelo Maj. Gileno e sua equipe da Defesa Civil de Petrópolis, E.B, AERONÁUTICA, SAMU, CORPO DE BOMBEIROS, PARNASO, BIO ARARAS, ROER PETROPOLIS , DEFESA CIVIL ESTADUAL , AGUAS DO IMPERADOR, SECRETARIA DE AGRICULTURA.

Prefeitura reúne 16 órgãos para debater Plano de Contingência de Queimadas.
Representantes de 16 órgãos municipais, estaduais, federais, privados e ONGs se reuniram nesta quarta-feira (10/6), na sede da Secretaria de Proteção e Defesa Civil, para debater o Plano de Contingência de Incêndios Florestais de Petrópolis. O documento, elaborado neste ano pela Prefeitura, por meio da Defesa Civil, define o que cabe a cada órgão quando há uma queimada, em relação a socorro, assistência e reabilitação. O objetivo é fortalecer a integração entre diferentes instituições para que Petrópolis esteja cada vez mais preparada para a prevenção e a resposta a esse tipo de ocorrência.
Uma nova reunião será realizada em julho. Até lá, os órgãos participantes, que receberam uma cópia do documento por e-mail, vão encaminhar à Defesa Civil sugestões de modificações para o plano. No encontro de julho, a Secretaria de Proteção e Defesa Civil irá apresentar a nova versão do documento, com as contribuições de outros órgãos.
“É um grande avanço, que trará benefícios diretos para a população petropolitana. O plano permite aos órgãos envolvidos uma visão global de como funciona a resposta a queimadas”, explicou o prefeito Rubens Bomtempo, que vem acompanhando de perto o trabalho que vem sendo desenvolvido pela secretara, em conjunto com os demais órgãos.
“Estamos em um período do ano em que a principal ameaça climatológica em Petrópolis é o incêndio florestal. Por isso, os órgãos envolvidos devem estar cada vez mais integrados para combater as queimadas. E essa integração se dará também na elaboração do plano, já que estamos recebendo contribuições de outros órgãos para o documento”, disse o diretor administrativo da Defesa Civil, Gileno Alves.
O Plano de Contingência de Incêndios Florestais está sob a forma de matriz, ou seja, em tabelas, definindo de forma clara e rápida quem faz o quê durante um incêndio florestal. Petrópolis também conta com o Plano de Contingência para deslizamentos e inundações, apresentado pelo prefeito Rubens Bomtempo em 2013.
“A iniciativa da Defesa Civil de Petrópolis faz toda a diferença. Planos de Contingência sempre existiram, mas nunca com a amplitude que estou vendo. A Defesa Civil está muito articulada com outros órgãos, e isso não se faz do dia para a noite. Outro ponto importante que vi é a pró-atividade do município quanto a evitar os incêndios florestais, chamando responsabilidades para dentro do município”, disse o coordenador regional da Defesa Civil estadual, Alexandre Pitaluga.
“Acho bem proveitosa essa reunião, porque o Corpo de Bombeiros faz o primeiro socorro, mas às vezes precisa de um suporte. A Defesa Civil, tendo esses órgãos articulados, toma ela própria a iniciativa de mobilizar outros órgãos que sejam necessários, com a Ampla, por exemplo, para locais com rede elétrica”, disse o chefe da sessão de Defesa Civil do 15º Grupamento de Bombeiro Militar (Petrópolis), tenente Renan Stopa.
Além da Secretaria de Proteção e Defesa Civil, participaram da reunião: Corpo de Bombeiros; Instituto Estadual do Ambiente (Inea); Exército; Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio); Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável; Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Produção; Cruz Vermelha de Petrópolis; Águas do Imperador; Rede de Operações de Emergência de Radioamadores (Roer); Concer; Aeronáutica; Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu); Secretaria de Estado de Defesa Civil; Comdep; e Ampla.
Fonte:http://www.petropolis.rj.gov.br/…/3453-defesa-civil-re%C3%B…










terça-feira, 9 de junho de 2015

Visita ao Samu região serrana.

Não espere por oportunidades extraordinárias. Agarre ocasiões comuns e torne-as grandes!
Homens fracos esperam por oportunidades, homens fortes criam-nas

Orison Swett Marden
Hoje fomos convidados a fazer uma visita ao Samu região serrana ,com a finalidade de conhecer seu sistema de comunicações via rádio, e sempre bom saber que guando for 
preciso em uma situação como a de 2011 , estaremos preparados para poder ajudar nas comunicações, pois ja temos e sabemos como e o funcionamento de cada entidade.



















sábado, 30 de maio de 2015

Trabalhando para aprimorar nossos meios de comunicações via radio .

O passado serve para evidenciar as nossas falhas e dar-nos indicações para o progresso do futuro.
Henry Ford
Defesa civil de petrópolis e Roer petrópolis ;trabalhando para aprimorar nossos meios de comunicações via radio
Os esforços são recompensados na construção e efetivação de um ideal a todos. Parabéns aos integrantes dedicados a tornar fácil o que para muitos se diziam difíceis.