domingo, 23 de fevereiro de 2014

II SEGUNDO SIMPÓSIO DE AÇÃO CONJUNTA RADIOAMADORES E DEFESA CIVIL EM UBA MG.

II SEGUNDO SIMPÓSIO DE AÇÃO CONJUNTA RADIOAMADORES E DEFESA CIVIL EM UBA MG.

UMA OPORTUNIDADE PARA REGULARIZAR AS AÇOES DE CIDADAOS QUE OPERAM RADIOS ,NAS AÇÕES DE DEFESA CIVIL EM CIDADES COM CALAMIDADES E EMERGENCIAS DE DESASTRES. VAMOS DIVULGAR É IMPORTANTE PARA O BRASIL, SEM FINS LUCRATIVOS, SEM FINS POLITICOS.

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Cidades Resilentes...Radioamadores resilientes.



Em qualquer reportagem sobre situacoes de emergencias, os radioamadores sao atualmente presenca obrigatoria.

Otima reportagem da Globo News sobre Defesa Civil e resiliencia em Petropolis.

Tive a oportunidade de participar da reportam sendo entrevistado via Radio pelo reporter que estava na casa do Felipe Hartmann.

Para quem nao sabe, PY1ZV AOU PY1 ZULU VICTOR e minha licenca de radioamador citada pelo Felipe quando iniciamos o contato/entrevista.

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Sociedade civil terá dez delegados na Conferência Estadual de Defesa Civil .

Sociedade civil terá dez delegados na Conferência Estadual de Defesa Civil .


 Os dez delegados eleitos representantes da sociedade civil são: Carlos Alexandre Mayworm (Cruz Vermelha – filial Petrópolis); José Cláudio Miranda (NudecMorin); Ana Garcia (Nudec Oswaldo Cruz); Sandra Maria Marcelino Ferreira (Associação de Moradores de Oswero Villaça); Maria Cláudia da Gama Moret (Centro); Rogério Lima Tosta (Alto da Serra); Juliano da Costa (Nudec Independência); Ossian Lima Tavares (Associação de Moradores do Alto da Serra e Nudec Ferroviários); Sérgio Tesch (Nudec Chapa 4); e Roberto de Sá Filho (Roer Petrópolis). 



A sociedade civil de Petrópolis terá dez representantes na Conferência Estadual de Defesa Civil, que será realizada em abril. Os dez delegados foram eleitos no último sábado (15/2), na 2ª Conferência Municipal de Defesa Civil, no Sesc Quitandinha. Eles levarão as 30 diretrizes de políticas públicas para a prevenção e a resposta a desastres das chuvas – também aprovadas pela comunidade no evento de sábado.
A 2ª Conferência Municipal de Defesa Civil reuniu cerca de 250 pessoas, entre representantes do poder público e da comunidade. Pela manhã, foram realizadas palestras. À tarde, a comunidade debateu sugestões de políticas públicas de Defesa Civil. Todos os participantes da conferência tiveram direito a voto na eleição dos delegados e das diretrizes que serão apresentadas na Conferência Estadual.
O secretário de Proteção e Defesa Civil, Rafael Simão, afirma que a participação popular, uma marca do governo Bomtempo, é fundamental para se buscar soluções para os riscos geológicos de Petrópolis.
“Foi uma grande satisfação ver a comunidade reunida, em um sábado à tarde, em volta de uma mesa, debatendo políticas públicas de Defesa Civil”, disse o secretário de Proteção e Defesa Civil, Rafael Simão.